7 Dicas de Aplicativos e Plataformas Educacionais 2023.

A crescente popularidade dos dispositivos móveis e o acesso à internet trouxeram consigo uma variedade impressionante de aplicativos e plataformas educacionais, cada uma com características únicas e funcionalidades inovadoras. Desde aplicativos para idiomas até plataformas de ensino à distância, a tecnologia tem permitido a criação de soluções que atendem às diversas necessidades dos alunos, independentemente de sua idade, nível de conhecimento ou área de interesse.

Este artigo tem como objetivo destacar sete aplicativos e plataformas educacionais que se destacam no cenário atual, impulsionando o aprendizado de milhões de pessoas ao redor do mundo. Cada uma dessas ferramentas apresenta uma abordagem singular para o ensino, proporcionando uma experiência de aprendizagem envolvente e eficaz.

Ao explorar as funcionalidades desses aplicativos e plataformas, veremos como a tecnologia tem aprimorado a educação, permitindo que os estudantes aprendam no próprio ritmo, tenham acesso a conteúdos diversificados e se engajem de maneira mais significativa com o conhecimento.

Receba Conteúdos Exclusivos e Participe do Grupo no WhatsApp!



Relação entre o aprendizado e a tecnologia

A tecnologia transformou profundamente a forma como adquirimos conhecimento, interagimos com os conteúdos e nos engajamos na aprendizagem. Essa interação tem gerado impactos positivos e revolucionado o processo educativo de várias maneiras por ter características como:

Acessibilidade

A tecnologia democratizou o acesso à educação, permitindo que pessoas de diferentes partes do mundo, independentemente de sua localização geográfica, possam acessar conteúdos educacionais de alta qualidade. Plataformas online, aplicativos e recursos digitais têm facilitado o acesso a cursos, palestras, livros e materiais de estudo, reduzindo barreiras físicas e econômicas para a educação.

Personalização do aprendizado

Com o auxílio da tecnologia, é possível personalizar a experiência de aprendizagem de acordo com as necessidades individuais de cada estudante. Algoritmos de aprendizado adaptativo podem identificar as lacunas de conhecimento do aluno e oferecer conteúdos específicos para suprir essas deficiências, criando trajetórias educacionais mais eficientes e personalizadas.

Engajamento e motivação

A tecnologia trouxe novos recursos e abordagens para tornar o aprendizado mais envolvente e atraente. Materiais interativos, jogos educacionais, vídeos explicativos e outras mídias estimulam o interesse dos alunos, tornando o processo de aprendizagem mais divertido e motivador.

Colaboração e comunicação

A tecnologia também facilitou a comunicação e a colaboração entre estudantes e educadores. Plataformas de aprendizagem online, fóruns de discussão e aplicativos de mensagens têm permitido que os alunos interajam entre si, compartilhem conhecimentos e trabalhem em projetos colaborativos, mesmo à distância.

Aprendizagem ao longo da vida

Com o surgimento de aplicativos e plataformas educacionais, a aprendizagem ao longo da vida se tornou uma realidade acessível a todos. Profissionais e estudantes têm a oportunidade de continuar seu desenvolvimento e adquirir novas habilidades, atualizando-se constantemente em suas áreas de interesse.

Análise de dados e feedback

A tecnologia tem permitido que educadores coletem e analisem dados sobre o desempenho dos alunos, identificando padrões e dificuldades de aprendizagem. Essas informações possibilitam um feedback mais preciso e orientado, auxiliando no desenvolvimento acadêmico dos estudantes.

Lista de aplicativos:

Duolingo

O Duolingo é bem popular e é pra você que deseja aprender novos idiomas. O app é intuitivo e baseada em gamificação, composto de tarefas simples com recompensas para quem estuda um idioma todos os dias. Dentre os idiomas, os mais usados são: o inglês, espanhol, francês, alemão e italiano.

Kindle

A marca Kindle disponibiliza, gratuitamente, o app para evitar distrações e colabora para que o foco seja mantido no livro. Além dos dispositivos específicos para ler eBooks. O Kindle é um leitor de livros digitais desenvolvido pela Amazon, sua tela é projetada para simular a leitura em papel, tornando a experiência visualmente agradável e reduzindo a fadiga ocular, mesmo após longas sessões de leitura. Ele é leve e fácil de usar..

Trello

O trello não é uma plataforma de ensino direto mas é uma importante e válida ferramenta. Utilizado para organização ela permite criar quadros e listas de tarefas com datas, responsáveis e muito mais. O trello facilita o acompanhamento e o compartilhamento, assim, professores podem usar para compartilhar materiais, e os alunos podem usar as próprias contas para organizar os estudos

TED

A sigla TED significa Technology, Entertainment, and Design (Tecnologia, Entretenimento e Design). São conferências que reúne palestrantes com trajetórias inspiradoras. O aplicativo TED proporciona acesso gratuito a todas as palestras que podem servir como excelentes exemplos para enriquecer o aprendizado em sala de aula e estimular o pensamento crítico e criativo dos estudantes.

Quizlet

Esse é um app mais lúdico, contém jogos educativos que trabalham diferentes e variados conteúdos como os de disciplinas da Educação Básica até diferentes línguas estrangeiras. Ele utiliza os flash cards para reforçar o conhecimento sobre temas específicos

Enem

O Ministério da Educação mantém um aplicativo que é interessante para quem vai fazer a prova do Enem. O app deixa o adolescente por dentro de todas as novidades e eles ainda tem acesso as notas depois da divulgação oficial.

Playkids

Esse app é bem popular entre pais e professores. Ele traz conteúdos como jogos, livros e vídeos para crianças. foi desenvolvido e é atualizado com os melhores conteúdos por profissionais do desenvolvimento infantil de acordo com a idade da criança.

“A tecnologia, quando usada de forma inteligente e criativa, pode ser a chave para abrir as portas do conhecimento e levar a educação a novos patamares.” Miriam França, Psicóloga

O uso saudável da tecnologia:

Algumas diretrizes importantes para um uso saudável da tecnologia incluem:

Gerenciar o tempo de uso

Estabelecer limites razoáveis para o tempo que passamos utilizando dispositivos eletrônicos, equilibrando as atividades tecnológicas com outras atividades essenciais, como exercícios, interações sociais e momentos de descanso.

Definir momentos sem tecnologia

Incorporar períodos de tempo em que desligamos os dispositivos eletrônicos, como durante as refeições, antes de dormir e ao socializar com amigos e familiares pessoalmente.

Promover a consciência digital

Desenvolver habilidades críticas para avaliar informações online, reconhecer notícias falsas e proteger a privacidade pessoal na era digital.

Cuidar da postura e saúde física

Prestar atenção à ergonomia ao utilizar dispositivos eletrônicos, garantindo uma posição adequada do corpo para evitar problemas de saúde associados ao uso excessivo.

Desenvolver um uso consciente das redes sociais

Evitar o uso compulsivo e excessivo das redes sociais, equilibrando o tempo gasto online com outras atividades significativas.

Definir o uso tecnológico antes de dormir

Evitar o uso de dispositivos eletrônicos antes de dormir, pois a luz azul das telas pode afetar o sono e a qualidade do descanso.

Conclusão:

A tecnologia tem revolucionado a educação, tornando-a mais dinâmica, acessível e personalizada. Com a ampla variedade de aplicativos e plataformas educacionais disponíveis, as crianças têm a oportunidade de enriquecer sua aprendizagem e expandir seus horizontes.

No entanto, é importante usar a tecnologia com responsabilidade e equilíbrio, valorizando sempre o papel do professor como mediador do conhecimento. Ao integrar a tecnologia de forma consciente, podemos impulsionar uma educação mais inclusiva, inovadora e impactante, preparando nossos alunos para um futuro promissor.

Esperamos que este artigo tenha fornecido insights valiosos.

Se você encontrou este artigo útil, tem alguma sugestão ou gostaria de compartilhar suas experiências, deixe um comentário abaixo. Adoraríamos ouvir sua opinião!

Sobre a autora: Miriam França é uma psicóloga formada com especialização em Orientação Familiar. Com sua experiência e conhecimento, ela dedica-se a auxiliar os pais na promoção do desenvolvimento saudável e feliz de seus filhos. Para mais informações, acesse o site www.caminhofamiliar.com.br.

Este artigo é apenas para fins informativos e não substitui a orientação de um profissional da saúde ou psicologia. Consulte sempre um especialista para obter orientação personalizada.

Deixe um comentário